Como começar uma carreira como agilista?

Na imagem, uma empresária sorri de lado.

Se você quer começar uma carreira como agilista, chegou ao lugar certo. Mas, caso nunca tenha ouvido falar nesse termo, esse post também é para você.  

Com o avanço do digital, empresas de todos os setores se preocupam em se manter competitivas. Para isso, elas precisam embarcar na transformação digital. Ou seja, em sua recolocação no novo mercado.  

Nesse sentido, elas investem na mudança com base em modernizações – então, busca-se a solução de problemas tradicionais com o uso de recursos tecnológicos. 

E, para essa missão, temos os agilistas. Como líderes de times, eles são responsáveis por implementar práticas ágeis, treinamentos e mentorias nas companhias.  

Mas, afinal, o que fazem os agilistas?  

Os agilistas supervisionam o desenvolvimento das equipes. A ideia é que eles auxiliem num processo de garantia de resultados eficazes. Um agilista prepara as equipes para a otimização de processos. 

Em outras palavras, ele é o profissional responsável pela condução do modelo de agilidade em métodos, ferramentas e pessoas. O agilista mede indicadores de performance, garantindo uma autonomia cada vez maior aos colaboradores. 

Por outro lado, aplicar novas práticas é um grande desafio. Então, eles não só organizam as equipes, mas também ajudam toda a empresa a se preparar para um novo momento.  

Habilidades que todo agilista precisa ter  

Os agilistas estão em ascensão, e a busca por esse profissional só aumenta.  

Hoje, os vemos principalmente nos setores de tecnologia, financeiro e de sistemas da informação. Em comum, podemos observar algumas responsabilidades gerais nessa categoria. Em suma, os agilistas devem ter:  

  • Conhecimentos de Scrum e Kanban. 

Scrum e Kanban são métodos de trabalho diferentes, mas ambos funcionam para automatização de processos e gerenciamento de projetos complexos. 

  • Capacidade para fortes relações interpessoais e resolução de problemas. 

Os agilistas lidam com desafios diários. Afinal, eles precisam estar constantemente em contato com todas as pontas dos times para que os projetos fluam com agilidade. 

  • Espírito de liderança. 

Saber trabalhar em equipe e ter controle emocional é fundamental para se tornar agilista. A sua equipe depende de você, e eles olham para o seu controle de time como referência. 

  • Habilidade para treinar funcionários sobre o processo ágil. 

Ter didática é muito importante para os agilistas. Muitos funcionários nunca tiveram contato com metodologias ágeis, e você será o responsável por inseri-los nesse meio. 

Para conhecer melhor as suas habilidades, que tal descobrir o seu perfil na MODO? Na plataforma, você faz uma autoavaliação e percebe quem é você no mercado. Isso pode te ajudar a encontrar um caminho de desenvolvimento profissional. 

A MODO Profissionais tem os agilistas como uma de suas comunidades principais, e por isso você precisa se cadastrar no site. Preencher as informações é rápido e gratuito. E, por fim, você aparece sempre disponível para as empresas. 

Como começar a carreira como agilista?  

Então, para se tornar agilista, há uma série de cursos sobre gerenciamento de projetos para ajudar nessa missão. No geral, todo agilista possui bacharel em seu campo de atuação, segundo o segmento que escolheu seguir.  

Depois, cursos de metodologia ágil e aplicação de técnicas te colocam na estrada para começar na carreira. Agilistas também devem saber como trabalhar OKRs e outras ferramentas relacionadas ao sucesso de projetos. 

Além disso, começar como Scrum Master é um caminho. Nesse cargo, você vai dominar o uso de ferramentas e dinâmicas. E, com essa experiência, você pode começar a se candidatar às funções como agilista, para enfim usar as suas habilidades em estruturação de times. 

Ficou interessado? Cadastre-se na MODO e descubra o seu match profissional! 😉